Wednesday, March 28, 2007

A cidade de Pleasanton apresenta:
Uma conversa global – Jazz Fusion

... e mais uma janela se abre

Se prestarmos bem a atenção, a vida sempre encontra uma forma de nos colocar cara a cara com as nossas limitações e nossos preconceitos. Sempre que isso acontece há uma janela de oportunidade que se abre. E é assim que eu vou aprendendo pela vida afora.

No domingo, fui à um show numa cidade a 40 minutos de distância daqui. O nome da cidade é Pleasanton. Pleasanton é um subúrbio.

Para os que nunca estiveram em um subúrbio americano, encontrei essa definição na wikipédia:

Subúrbio (palavra aportuguesada do inglês suburb, literalmente sub-cidade) é um termo utilizado para designar as áreas circunscritas às áreas centrais de um dado aglomerado urbano, seja ele um municípios, distritos ou outra qualquer instância política; porém, este termo é mais usual quando refere-se ao município, e também para descrever cidades circunscritas a um núcleo metropolitano central. Eventualmente pode ser considerado sinônimo de periferia urbana, embora tal definição encontre alguma polêmica nos estudos de urbanismo e planejamento urbano.

Nos países de língua inglesa, primariamente nos Estados Unidos da América e no Canadá, um subúrbio é um núcleo urbano localizado nos arredores de um núcleo metropolitano central, onde geralmente vivem famílias de classe média ou alta, com variáveis índices de qualidade de vida e segurança mas em geral maiores que os das áreas residenciais centrais. Em geral, caracterizam-se como áreas de baixa densidade populacional, e habitação baseada em tipologias arquitetônicas de baixo gabarito (normalmente casas unifamiliares ao invés de edifícios multifamiliares) e com baixo coeficiente de aproveitamento dos terrenos (i.e., normalmente as edificações localizam-se isoladas em meio aos seus lotes amplos). Recentemente, porém, diversas destas cidades passaram a industrializar-se rapidamente, como Mississauga (subúrbio de Toronto), Laval (subúrbio de Montreal) e Long Beach (subúrbio de Los Angeles).

Nos Estados Unidos, a partir da década de 1950 até os dias atuais, grandes números de habitantes das classes média e alta da maioria dos grandes núcleos metropolitanos dos Estados Unidos passaram a migrar dos núcleos metropolitanos para os subúrbios, em busca de segurança. Como consequência, a população de diversos núcleos metropolitanos passou a cair drasticamente e a ser composta primariamente pela população de mais baixa renda. Desta forma, constituíram-se verdadeiros guetos urbanos em meio aos distritos centrais, como Baltimore, Atlanta e especialmente em Detroit.

A grande maioria das grandes e médias regiões metropolitanas americanas possuem subúrbios ricos, bem como diversas cidades localizados em países de língua inglesa, embora subúrbios pobres também existam nestes países. O termo suburbia, nos países de língua inglesa, se refere ainda a um estilo de vida tipicamente monótono, fútil e consumista.

Nunca morei num subúrbio. Sou uma pessoa super urbana e adoro ver pessoas caminhando nas ruas. Nos subúrbios daqui as pessoas geralmente dirigem para todo lado. As lojas, livrarias, restaurantes estão sempre concentrandos num strip mall, uma área onde todo o comércio se reúne. A grande maioria de lojas, livrarias e restaurantes fazem parte de uma rede como Starbucks, McDonald, Barnes&Noble, Old Navy, etc. De certa forma é prático porque tudo está ali, no mesmo lugar. Por outro lado, as cidades perdem o seu carater, a sua personalidade porque cada strip mall é praticamente idêntico ao próximo.

Demograficamente, os subúrbios são bem homogêneos. A maioria da população é “branca” e de classe média alta. No caso de Pleasanton, por exemplo, 91% da população é “branca.” As escolas públicas geralmente têm uma reputação excelente em termos acadêmicos mas não existe diversidade. Alguns surbúbios foram construídos recentemente. Nesse caso as casas são muito parecidas umas às outras e há muitas mcmansions, termo usado para descrever casas enormes e pretenciosas que tentam projetar uma ilusão de uma mansão tradicional, mas na verdade não passam de mais uma produção em massa.

Bom, agora que já admiti o meu preconceito contra os subúrbios vem a surpresa. Desde de junho do ano passado até junho desse ano, a cidade de Pleasanton está dedicando o ano com eventos para celebrar as contribuições da comunidade indiana na área e no estado da Califórnia. Alguns dos eventos incluiu uma mostra de comidas indianas, foruns de discussão sobre a situação das mulheres indianas morando nos E.U.A. e sobre a experiência de jovens biculturais, música da Índia e colaborações entre artistas indianos e músicos ocidentais. O evento culminará com uma apresentção de danças indianas.

A banda que eu fui ver toca uma fusão de jazz com música clássica indiana. A banda era multinacional: na bateria, Celso Alberti (Brasil); no contrabaixo, Kai Eckhardt (Alemanha/Libéria); na tabla, Salar Nader (Alemanha/Afganistão/E.U.A.); no violino, Kala Ramnath (Índia); no saxofone, George Brooks (E.U.A.); e no piano, Frank Martin (E.U.A.). O show foi recebido com o maior carinho e respeito pela audiência.

A gente nunca sabe o que pode acontecer quando abrimos as nossas janelas.

Fotos: Kala Ramnath aos três anos e atualmente, da website da artista.


A qualidade do vídeo abaixo não é das melhores, mas dá para ter uma idéia de como foi o show.


15 Comments:

Anonymous Cris said...

Regina,
É pura verdade, quanto mais janelas a gente abre, mais a nossa visão se amplia. É incrível, mas esse tipo de raciocínio é o que faz com que a gente seja menos preconceituoso. Acho que o tempo se encarrega de ir mostrando isso para a gente.

Que agradável surpresa que vc teve em Pleasanton! Sabe que sempre passávamos por lá o ano passado.

bjs
Cris

9:18 AM  
Blogger Regina said...

Cris,

O que eu achei legal tb foi o interesse por parte da cidade em investir em eventos que celebram uma outra cultura. Isso se tornou possivel atraves de um grant que a biblioteca conseguiu do estado da California.

Se nao abrirmos as "janelas" acabamos por perder muitas coisas boas na vida.

Bjs.

Regina

9:27 AM  
Anonymous Alexandra said...

Regina,

Realmente, nao se pode generalizar ou fechar janelas...

Confesso que compartilho um pouco do seu preconceito pois os meus primeiros 3 anos e meio no Canada foram vividos em um subúrbio. O lugar era bonito, morávamos em um lugar bem localizado onde dava para ir a pé ao shopping, a estaçao de trem e ao ponto de onibus, mas nao teve jeito... Eu me sentia super isolada! Nao via uma alma penada na rua! Era tudo tranquilo demais para mim e mesmo tendo shopping perto acabávamos dependendo do carro para tudo, coisa que eu detesto.

Quando veio a oportunidade de mudar para Toronto, resolvemos morar bem no centro da cidade. Ah, que felicidade! Tudo na esquina de casa, transito e gente na rua 24 horas por dia, o metro, streetcar, onibus quase na porta... Até o maridao canadense da gema se converteu e admite que nao conseguiria mais viver no suburbio. E ainda me surpreendeu vendendo o carro e se tornando militante em favor do transporte publico ou a bicicleta como meio de transporte. E sai por aí pregando que a cidade de Toronto tinha que proibir os carros de entrar no centro da cidade! Hehehe, criei um monstro!!!

Se bem que eu acho que os downtown canandenses nao têm tanta má fama como os downtowns americanos... Mas os subúrbios sao bem parecidos...

6:26 AM  
Blogger Chawca said...

Eu fui entender bem essa diferença quando fui para Londres no ano passado. Há uma separação clara e evidente do suburbio para o centro, do gueto negro para o gueto asiatico e por ai vai. Não é como aqui no Brasil, que apesar de ter periferia tudo acaba sendo uma cois asó (com excessão de Sao Paulo e Rio)..
Gostei do som da banda, e do ecletismo etnico...

1:32 PM  
Blogger Chawca said...

Ah, um lugar que conheci aqui no Brasil que é bem assim é Brasília... A cidade é toda dividida,,,setor hoteleiro, setor hospitalar, setor comercial.... Tudo muito separado e sem vida...

1:34 PM  
Anonymous Alexandra said...

Bom, essa divisão entre o subúrbio e a cidade em relação a rico x pobre ou branco x imigrante não é tão verdadeiro no Canada. Lá tem pobre no suburbio e rico no centro da cidade e vice-versa. O mesmo acontece com os imigrantes. A grande maioria assim que pode compra sua casinha no suburbio...

2:36 PM  
Blogger Regina said...

Alexandra,

Os suburbios geralmente sao limpos e ate bonitos, embora um pouco "esteril," na minha opiniao.

Eu tambem adoro ter tudo por perto e ver gente na rua. Acho que e' coisa de quem foi criado em cidade grande.

Bjs.

Regina

12:20 AM  
Blogger Regina said...

Chawca,

Por aqui as comunidades sao segregadas racialmente, mas tb economicamente. Por exemplo, em alguns desses suburbios aqui na area do Silicon Valley ha muitos indianos porque muitos deles trabalham na area de tecnologia e ganham bem.

A banda foi otima. Espero que facam mais shows juntos. O do contrabaixo e' o maridao.:-)

Bjs.

Regina

12:23 AM  
Blogger Regina said...

Chawca,

Nunca estive em Brasilia. Talvez a cidade seja tao fragmentada assim porque foi tudo planejado, nao?

Bjs.

Regina

12:23 AM  
Blogger Regina said...

Alexandra,

O mesmo acontece aqui. Tem bairros super elegantes e de gente rica em areas de San Francisco e tem tambem predinhos "semi-modern" com apartamentos mais baratos no suburbios. O mesmo acontece no caso dos imigrantes, especialmente com os indianos, como mencionei acima. Mas essas sao as excecoes.

E ha muita gente que quer comprar casa nesses lugares porque supostamente as escolas publicas de la sao melhores. Mas para mim, diversidade tambem faz parte de uma boa educacao.

Bjs.

Regina

12:30 AM  
Blogger Lucia Malla said...

Eu passei por Pleasanton mês passado e o q mais me impressionou foram os predinhos de apartamento, de uma arquitetura incomum nos subúrbios americanos.

O show deve ter sido o máximo! Q banda multi! Demais.

Bjs.

3:45 PM  
Blogger oakleyses said...

replica watches, louis vuitton outlet, nike free, michael kors outlet, burberry outlet, oakley sunglasses cheap, ray ban sunglasses, tiffany and co, michael kors outlet, louis vuitton handbags, ray ban sunglasses, nike shoes, louboutin shoes, oakley sunglasses, louboutin outlet, polo ralph lauren, michael kors outlet, air max, louis vuitton outlet stores, prada outlet, louis vuitton outlet, michael kors outlet, prada handbags, tiffany and co, louis vuitton, tory burch outlet, longchamp handbags, cheap oakley sunglasses, polo ralph lauren outlet, longchamp outlet, kate spade outlet, rolex watches, longchamp handbags, ray ban sunglasses, air max, cheap uggs, jordan shoes, burberry outlet, christian louboutin, chanel handbags, michael kors outlet, michael kors outlet online sale, ugg boots clearance, ugg outlet, gucci outlet, uggs outlet, louboutin, uggs

5:53 PM  
Blogger oakleyses said...

air max pas cher, ray ban pas cher, vans pas cher, nike roshe, sac hermes, nike air max, nike blazer, nike free pas cher, true religion outlet, coach factory outlet, coach purses, michael kors uk, sac burberry, true religion jeans, oakley pas cher, converse pas cher, air jordan, polo lacoste, louboutin, coach outlet, lululemon outlet online, hollister, longchamp, ralph lauren, michael kors, michael kors outlet, hollister, true religion jeans, north face, michael kors pas cher, air max, hogan outlet, sac guess, air max, abercrombie and fitch, vanessa bruno, nike free, north face, true religion outlet, timberland, mulberry, ray ban sunglasses, nike roshe run pas cher, coach outlet store online, nike air force, sac longchamp pas cher, nike tn, new balance pas cher, kate spade handbags, polo ralph lauren

6:00 PM  
Blogger oakleyses said...

ghd, nike huaraches, beats by dre, vans, nike trainers, chi flat iron, air max, mont blanc, ferragamo shoes, mcm handbags, soccer shoes, north face outlet, wedding dresses, oakley, vans shoes, instyler, louboutin, valentino shoes, bottega veneta, babyliss pro, new balance shoes, ralph lauren, abercrombie and fitch, longchamp, celine handbags, iphone cases, birkin bag, nfl jerseys, abercrombie, nike roshe run, converse shoes, lululemon outlet, baseball bats, timberland boots, ray ban, jimmy choo outlet, mac cosmetics, hollister clothing store, reebok outlet, insanity workout, hollister, north face jackets, soccer jerseys, herve leger, asics running shoes, gucci, converse, air max, giuseppe zanotti, p90x

6:08 PM  
Blogger oakleyses said...

canada goose, canada goose, karen millen, canada goose, swarovski crystal, hollister, wedding dresses, ugg, barbour, moncler, canada goose, ugg pas cher, canada goose uk, moncler, sac louis vuitton, pandora jewelry, ugg boots, juicy couture outlet, canada goose jackets, pandora jewelry, moncler, michael kors outlet, swarovski, ugg, pandora charms, moncler, juicy couture, ugg, marc jacobs, moncler, michael kors outlet online, moncler outlet, canada goose, pandora charms, links of london, doke gabbana, louis vuitton, thomas sabo, canada goose outlet, barbour, sac lancel, sac louis vuitton, supra shoes, coach outlet store online, louis vuitton uk, toms shoes, moncler, louis vuitton, montre homme, moncler, michael kors handbags, rolex watches

6:33 PM  

Post a Comment

<< Home